segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

RESENHA: OS DIÁRIOS DE CARRIE



    Olá pessoal, tudo bom com vocês?
  Quarta-feira eu fiz um post com os meus 10 livros favoritos, e entre eles estava '' Os diários de Carrie'', que eu acabei de ler faz pouco tempo, resolvi fazer a resenha dele, pois ele é um livro que eu realmente amei e indico para qualquer um que goste de uma boa comédia romântica, até por que existe uma serie chamada '' The Carrie Diares'', que é inspirada nesse livro e em outro da coleção, mas vamos á resenha?


  Os diários de Carrie é um livro de autoria da escritora Candace Bushnell, é um livro um pouquinho grosso com 399 páginas, mas que quando vc acabar a leitura vai sentir muitas saudades. Ele tem uma continuação tbm, que se chama: '' O verão e a cidade'', que por sinal eu ainda não tenho. A protagonista do livro é a Carrie Bradshaw da serie de livros, filmes e serie '' Sex And The City'', só que nesse livro mostra Carrie ainda com 17 anos, quando ainda morava no interior.


  A história começa com Carrie no 3° grau do ensino médio, ou seja, ela está no último ano da escola e louca para sair de sua cidadezinha Castlebury, para ir se mudar pra Nova York e se tornar uma grande escritora. Só que muitas coisas acontecem na vida de Carrie e ela vê que não é tão fácil assim ir para Nova York. No livro ela tem 3 melhores amigas: Lali, Maggie e Mouse, que sempre andam com ela, e suas confidentes oficiais. Ela também tem duas irmãs mais novas: Dorrit (13 anos) e Missy (o livro não revela sua idade).


 Carrie começa a namorar com Sebastian Kydd, o menino mais gato e popular do colégio, o que deixa Donna LaDonna (a mais bonita e pegadora da escola ) enfurecida, e também as Jens, que passam a persegui-la. No livro, Carrie tem muitas mais amizades e acontecimentos do que mostra na serie, e a mãe dela tinha morrido quando ela tinha 13 anos e não há pouco tempo como diz na serie.


Ele é muito bom, e eu indico para qualquer pessoa. O livro tem partes ilarias, meio chatas, de romance, de briga, tem até beijo gay, mas é um livro ótimo que conta a história de uma menina normal assim como todos nós, que sonha alto e tem muitos sonhos e objetivos á conquistar na vida (entre eles, o seu maior sonho, que é o de ser escritora).  O livro também é bom para aqueles que gostam de  uma leitura não muito adolescente, mas também não muito adulta. No livro as duas leituras são misturadas.


Me identifiquei muito com a Carrie, pois ela desde pequena já escrevia várias histórias e sonhava em ser escritora assim como eu. Ela tem planos altos pro seu futuro, isso é outra coisa em que nós temos em comum. Acho que essas semelhanças entre nós duas, é um dos motivos pelo qual adoooooorei esse livro.

Enfim, foi isso, espero que tenham gostado e até a próxima resenha!

Tchau :)

Nenhum comentário:

Postar um comentário